Da série “Italiano com filmes”, trago hoje cenas do filme “A Incrível História da Ilha das Rosas” (L’Incredibile storia dell’Isola Delle Rose – título original do filme).

Você já viu esse filme?

A Incrível História da Ilha das Rosas é um filme italiano lançado em 2020 na plataforma de streaming da Netflix.

O filme conta a história de um engenheiro idealista que constrói a própria ilha no litoral da Itália e a declara uma nação independente, o que atrai a atenção do governo.

O filme é baseado na história real do engenheiro italiano Giorgio Rosa, que em 1968 projetou e financiou sua própria ilha no Mar Adriático para ter independência do estado italiano.

Bem, o objetivo desta lição é treinar a compreensão oral, aprender novas expressões e treinar a pronúncia seguindo a transcrição dos diálogos.

Aprender italiano com filmes é uma ótima forma de aprendizado, pois podemos aprimorar a nossa compreensão oral, além de nos divertirmos no processo.

Então, vamos lá!

Como praticar da melhor forma?

1º Ouça pela primeira vez as cenas do filme A Incrível História da Ilha das Rosas e se atente a pronúncia das palavras e vocabulários novos

2º Veja e ouça a cena novamente (agora com tradução)

3º Veja, ouça e repita (em voz alta) a cena algumas vezes

Pratique o terceiro passo pelo menos 3x, isso irá aumentar a sua compreensão, além de afiar a sua pronúncia!

.

#1 Ouça pela primeira vez e se atente a pronúncia das palavras e vocabulários novos

(A Incrível História da Ilha das Rosas | Transcrição abaixo do vídeo)

.

Agente: E che cosa può fare per Lei, signor Rosa, il Consiglio d’Europa?

Giorgio Rosa: Deve salvare la mia isola.

Agente: Lei ha comprato un’isola?

Giorgio Rosa: No, l’ho fatta.

Jean Baptiste: Questa è l’isola che ha costruito?

Giorgio Rosa: Sì!

Giorgio Rosa: Scusa un po’ per gli interni, ma insomma la macchina l’ho costruita per l’esame da ingegnere.

Poliziotto: C’è un motivo in particolare per cui questo veicolo è sprovvisto di targa?

Gabriella: Giorgio, tu vivi in un mondo tutto tuo.

Gabriella: Ma il mondo non è tutto tuo, ricordatelo bene che non l’hai costruito te, come la macchina.

Giorgio Rosa: Allora, forse dovrei…

Gabriella: Fare cosa?

Giorgio Rosa: Costruire un mondo tutto mio.

Giorgio Rosa: Facciamo un’isola…

Giorgio Rosa: Fuori dalle acque territoriali italiane.

Giorgio Rosa: Dove vivere davvero secondo le nostre regole.

W. R. Neumann: Benvenuti sull’Isola delle Rose!

Franco Restivo: E c’è questo ragazzo con dei suoi amici… Ha costruito un’isola e si è dichiarato indipendente.

Giovanni Leone: Non ho capito, devi ripetere.

Maurizio: Sono lettere di richiesta di cittadinanza.

Maurizio: Tu senti quest’odore di libertà?

Giorgio Rosa: La libertà assoluta vi spaventa!

Giovanni Leone: No, non hai speranze!

Giorgio Rosa: Bisogna pure correre dei rischi se vuoi cambiare il mondo.

Visitatore: Dio benedica il presidente!

Ulisse Rosa: Il presidente?

Giorgio Rosa:  Babbo, dai sono degli hippy, sono scenografici.

.

#2 Veja e ouça as cenas de A Incrível História da Ilha das Rosas novamente, agora com tradução

(A Incrível História da Ilha das Rosas | Transcrição abaixo do vídeo)

.

Agente: E che cosa può fare per Lei, signor Rosa, il Consiglio d’Europa?

Agente: E o que o Conselho da Europa pode fazer por você, Sr. Rosa?

Giorgio Rosa: Deve salvare la mia isola.

Giorgio Rosa: Deve salvar a minha ilha.

Agente: Lei ha comprato un’isola?

Agente: Você comprou uma ilha?

Giorgio Rosa: No, l’ho fatta.

Giorgio Rosa: Não, a fiz.

Jean Baptiste: Questa è l’isola che ha costruito?

Jean Baptiste: Esta é a ilha que construiu?

Giorgio Rosa: Sì!

Giorgio Rosa: Sim!

Giorgio Rosa: Scusa un po’ per gli interni, ma insomma, la macchina l’ho costruita per l’esame da ingegnere.

Giorgio Rosa: Desculpe um pouco pelo interior, mas enfim, construí o carro para o exame de engenharia.

Poliziotto: C’è un motivo in particolare per cui questo veicolo è sprovvisto di targa?

Policial: Há um motivo em particular pelo qual este veículo estar desprovido de placa?

Gabriella: Giorgio, tu vivi in un mondo tutto tuo.

Gabriella: Giorgio, você vive em mundo todo seu.

Gabriella: Ma il mondo non è tutto tuo, ricordatelo bene che non l’hai costruito te, come la macchina.

Gabriella: Mas o mundo não é todo seu, lembre-se bem que você não o construiu, como o carro.

Giorgio Rosa: Allora, forse dovrei…

Giorgio Rosa: Então, talvez deveria…

Gabriella: Fare cosa?

Gabriella: Fazer o quê?

Giorgio Rosa: Costruire un mondo tutto mio.

Giorgio Rosa: Construir um mundo todo meu.

Giorgio Rosa: Facciamo un’isola…

Giorgio Rosa: Faremos uma ilha…

Giorgio Rosa: Fuori dalle acque territoriali italiane.

Giorgio Rosa: Fora das águas territoriais italianas.

Giorgio Rosa: Dove vivere davvero secondo le nostre regole.

Giorgio Rosa: Onde viver de verdade, segundo as nossas regras.

W. R. Neumann: Benvenuti sull’Isola delle Rose!

W. R. Neumann: Bem-vindo a Ilha das Rosas!

Franco Restivo: E c’è questo ragazzo con dei suoi amici… Ha costruito un’isola e si è dichiarato indipendente.

Franco Restivo: E tem esse rapaz com seus amigos … Ele construiu uma ilha e se declarou independente.

Giovanni Leone: Non ho capito, devi ripetere.

Giovanni Leone: Não entendi, deve repetir.

Maurizio: Sono lettere di richiesta di cittadinanza.

Maurizio: São cartas de solicitação de cidadania.

Maurizio: Tu senti quest’odore di libertà?

Maurizio: Você sente esse cheiro de liberdade?

Giorgio Rosa: La libertà assoluta vi spaventa!

Giorgio Rosa: A liberdade absoluta vos assusta!

Giovanni Leone: No, non hai speranze!

Giovanni Leone: Não, você não tem chances!

Giorgio Rosa: Bisogna pure correre dei rischi se vuoi cambiare il mondo.

Giorgio Rosa: É preciso correr riscos se quiser mudar o mundo.

Visitatore: Dio benedica il presidente!

Visitante: Deus abençoe o presidente!

Ulisse Rosa: Il presidente?

Ulisse Rosa: O presidente?

Giorgio Rosa:  Babbo, dai… sono degli hippy, sono scenografici.

Giorgio Rosa: Pai, vamos… eles são hippies, são teatrais.

.

#3 Veja, ouça e repita (em voz alta) as cenas algumas vezes

Pratique esse terceiro passo pelo menos 3x, isso irá aumentar a sua compreensão, além de afiar a sua pronúncia!

.

Agente: E che cosa può fare per Lei, signor Rosa, il Consiglio d’Europa?

Giorgio Rosa: Deve salvare la mia isola.

Agente: Lei ha comprato un’isola?

Giorgio Rosa: No, l’ho fatta.

Jean Baptiste: Questa è l’isola che ha costruito?

Giorgio Rosa: Sì!

Giorgio Rosa: Scusa un po’ per gli interni, ma insomma la macchina l’ho costruita per l’esame da ingegnere.

Poliziotto: C’è un motivo in particolare per cui questo veicolo è sprovvisto di targa?

Gabriella: Giorgio, tu vivi in un mondo tutto tuo.

Gabriella: Ma il mondo non è tutto tuo, ricordatelo bene che non l’hai costruito te, come la macchina.

Giorgio Rosa: Allora, forse dovrei…

Gabriella: Fare cosa?

Giorgio Rosa: Costruire un mondo tutto mio.

Giorgio Rosa: Facciamo un’isola…

Giorgio Rosa: Fuori dalle acque territoriali italiane.

Giorgio Rosa: Dove vivere davvero secondo le nostre regole.

W. R. Neumann: Benvenuti sull’Isola delle Rose!

Franco Restivo: E c’è questo ragazzo con dei suoi amici… Ha costruito un’isola e si è dichiarato indipendente.

Giovanni Leone: Non ho capito, devi ripetere.

Maurizio: Sono lettere di richiesta di cittadinanza.

Maurizio: Tu senti quest’odore di libertà?

Giorgio Rosa: La libertà assoluta vi spaventa!

Giovanni Leone: No, non hai speranze!

Giorgio Rosa: Bisogna pure correre dei rischi se vuoi cambiare il mondo.

Visitatore: Dio benedica il presidente!

Ulisse Rosa: Il presidente?

Giorgio Rosa:  Babbo, dai sono degli hippy, sono scenografici.

.

A Ilha das Rosas realmente existiu?

Ilha das Rosas - Italiano com a Ilha das Rosas

A história da ilha narrada pelo filme aparenta ser apenas mais uma criativa história de ficção, mas a Ilha das Rosas realmente existiu.

Em 1967, o engenheiro Giorgio Rosa projetou e financiou a construção de uma plataforma de 400m² suspensa por pilares de aço, como forma de ser livre do controle do estado italiano.

A estrutura foi construída no meio do Mar Adriático e contava com restaurante, bar, loja de souvenirs e até mesmo correio.

Como foi construída a 12km da costa italiana de Rimini, a “ilha” estava fora do controle das autoridades italianas.

Com isso, Giorgio Rosa se autoproclamou presidente da República da Ilha das Rosas, declarando a ilha como um novo estado independente em 01 de maio de 1968.

A declaração de independência foi tornada pública em 24 de junho de 1968, mas apenas 55 dias depois, forças militares italianas foram enviadas à ilha para assumir o controle do local.

A estrutura da ilha de aço foi destruída em 11 de fevereiro de 1969 com dinamites.

Dias depois, toda a estrutura remanescente da “ilha” foi submergida no Mar Adriático após uma tempestade.

Enfim, a Ilha das Rosas de fato existiu!

.

E aí, o que achou do filme A Incrível História da Ilha das Rosas?

Você já assistiu esse filme? Se você gosta de filmes baseados em fatos reais com um toque de humor, este filme é uma ótima pedida!

Aliás, o engenheiro Giorgio Rosa, retratado no filme, faleceu no ano de 2017, aos 92 anos, mas antes de sua morte se reuniu com os cineastas dando a permissão para o roteiro do filme.

Caso deseje ver o filme completo, ele está disponível na plataforma Netflix.

Bom, aproveite este vídeo e o veja quantas vezes quiser para praticar.

Aliás, aprendeu algum vocabulário novo? O que achou desta lição? Compartilhe comigo aqui nos comentários abaixo…

Ci vediamo!

.


Priscilla Moraes
Priscilla Moraes

Olá! Eu sou a Priscilla, professora de italiano e criadora do “Italiano com a Priscilla”. Acredito que você seja apaixonado pela cultura e pela língua italiana assim como eu! Desenvolvi um método para tornar possível o ensino do italiano de uma maneira mais clara, fácil e natural. Sono felice di averti qui ; )

Deixe seu Comentário

Compartilhe comigo o que achou desta lição!